HD Fat Boy = Fat Man + Little Boy

Fica difícil acreditar que não foi intencional o uso dos nomes das bombas lançadas sobre o Japão – Fat Man e Little Boy – quando analisamos o mercado americano de motos customs nos anos 90 e a invasão de motos japonesas por lá. Era uma questão de sobrevivência para a Harley-Davidson lançar algo para “detonar” as japonesinhas e a “bomba” não poderia ter outro nome: Fat Boy.

Não vou ficar aqui discursando sobre sua evolução no tempo e suas características técnicas, meu amigo Piréx em seu blog Diário de Bordo  já  fez com maestria. O que quero aqui, é somente deixar meu depoimento como um feliz proprietário de uma Fat 2007 recem adiquirida.

Fat Boy

Sim eu sei; eu era um daqueles que dizia que dessa água não beberia, mas não sem motivos afinal as HDs são cheias de histórias como o “vaza óleo” (e vaza, mas não onde se pensa), ou o problema da refrigeração a ar (e esquenta mesmo), ou os engates imprecisos aliados a um acionamento de embreagem muito duro (eu não percebi nada), e ainda o “vibra muito” (até agora o único que está vibrando sou eu). Mas como o mundo gira um dia desses um grande amigo, o Nata, veio me fazer uma visita logo após a minha queda na região de Limeira, e me contou uma história no mínimo curiosa: ele foi comprar um pneu e saiu com uma Road King – uta vendedor bom, acho que era o mesmo que vendeu um barco para o cara que estava procurando uma farmácia para comprar absorvente para a esposa🙂 .

Conversa daqui, conversa dali e ele divide o grande problema que tinha: duas HDs na garagem e precisava de ajuda para vender uma e queria minha ajuda nessa solução. Mais conversas e 1 garrafa de Jack depois, o problema foi resolvido com uma única frase: “a moto é minha”.

Não sei se foi o efeito do álcool ou eu que bati a cabeça no acidente, mas acabei comprando a moto sem nem ao menos vê-la, e pior ainda sem ao menos dar uma voltinha e quando cheguei para busca-la tomei um baita susto:

– Será que eu alcanço o chão?

– Será que eu aguento o peso?

Bem essas dúvidas foram embora logo depois que passei da primeira esquina e mesmo em baixa velocidade ela é muito gostosa e fácil de conduzir, já em velocidade cruzeiro 110 a 130, nem se fala, é uma sensação incrível, a moto fica “na mão”, sem vibração alguma só o ronco grave e forte que sai dos canos impondo respeito e dando legitimidade de uma genuína HD, uma Softtail com cara de Rabo duro com seu centro de gravidade baixo deixando a moto “colada” no asfalto transmitindo muito prazer e segurança ao pilotar.

Bem, só sei que neste primeiro mês com ela, já se foram 1000 km, e na água que disse que nunca beberia, hoje mergulho de cabeça.

abraços

Seo Craudio

 

Tags:, , , ,

16 responses to “HD Fat Boy = Fat Man + Little Boy”

  1. Piréx says :

    Grande Duxão!

    Parabéns novamente pela aquisição, brother… Que te traga muitas alegrias. O primeiro efeito positivo – se não considerarmos o fato dela te levar para a estrada novamente, claro – foi reativar teu blog: o próximo poderia ser te trazer novamente para o RS, não? Te esperamos por aqui.

    Baita abraço!

  2. El GDM says :

    Aeeeeeeeeeeeeee…

    Parabéns, nobre. Agora suas viagens são de curta distância, hihihihih.

    Abrazon,

    EL GDM

  3. Seo Craudio says :

    Pois é Piréx, é quase que uma volta triunfal… e tem mais uma coisa adormecida… a fotografia. Agora rever os Pampas sempre estará na primeira das intenções. Ano que vem está logo aí.

    El Gdmon, nem fale, o cara da padaria não aguenta mais o barulho da moto…

    abração
    Seo Craudio

  4. Danuxo says :

    Muitas felicidades meu brother com a nova motoka…para mim não importa se é da xina do Japa, ou HD…. O que realmente importa e saber que tenho um irmão e um grande companheiro me guiando na estrada….reviver a emoção como se fosse a primeira motoka ( Marota e Flicka )…Te Amo Muito …..

  5. Coelho says :

    uhuhuh
    É isso aí, Fatbródi…
    Vamu que vamu..
    Agora, é só a gente marcar uma viagem com as gordas juntas..

    Abração

  6. Seo Craudio says :

    poxa Dan assim eu choro… bjão meu brother.

  7. Seo Craudio says :

    Grande Coelho Fatbrother… é só marcar.

  8. Blues says :

    Wuaaaaaaala, Crauduxo!!!!!!
    HDzou geral,heim!!!!
    Parabéns,cara!!! Linda demais!!

    Blues

  9. Mad-Boca do Inferno says :

    Crauducho, meu querido amigo:
    Você tá feliz? Eu tô também. Que as estradas se lhe abram, que as chuvas não se lhe caiam, que o sol não o ofusque, que os ventos se lhe sirvam pela popa (essa babaquice de vento na cara é só poético, e incomoda prá caceta…)
    Beijundas.
    Mad.
    ps. com você mantendo-se em cima da moto, por supuesto…

  10. sergio coan says :

    so fica esperto quando chegar proximo as 15000 km com os rolamentos da roda traseira,tem ue trocar antes que estoure,o restante e so viajar

  11. Perez says :

    só me resta dizer: cuommmmprou rarlaooooo….feliz de montaoooo..
    o sangue de Hd tem poder…..kkkk.parabalhos

  12. Charles "The man" says :

    Cuidado com os rolamentos da Fta Boy, pessoal, os da minha estouraram aos 8.000km! Troquem antes que dê algum problema!

    • Seo Craudio says :

      Valeu a dica Charles.
      A minha não precisei trocar o rolamento traseiro, somente o dianteiro mas com 20ooo, e agora que ela está com 36ooo acho que vou precisar trocar novamente.
      abraços
      Seo Craudio

  13. Paulo Roberto Becker says :

    “Seo Craudio”,

    Estou pensando em comprar uma moto e estava procurando qualquer informação que pudesse achar e que me ajudasse a decidir entre uma shadow 750 (nova) ou uma HD V-Rod (2006). Ambas são muito parecidas na parte cosmética, porém a V-Rod tem bem mais motor…
    Tenho um colega que me disse que as HD estão dando muitos problemas comparadas as shadows. Eu gostaria de sua opinião sincera a respeito, visto que você já teve ambas.
    Eu estou muito inclinado a comprar a HD, mas, se tem todos esses problemas, posso repensar o assunto.

    Abraço,

    • Seo Craudio says :

      Grande Paulão… A coisa não é tão simples assim.
      Você está fazendo um comparativo de preço não de moto, pois ambas são completamente diferentes entre si.
      Uma tem 45 46 Cavalos a outra 120 122…
      Uma tem pneu traseiro 170/80 R15 enquanto a V-Rod 240/40 R18.
      A Shadow é uma custom de certa forma fraca, para rodar tranquilo com sua garupa (apesar da posição da garupa ser ruim), enquanto que a V-Rod é uma Street Cruize, uma moto de velocidade com um motor desenvolvido em parceria com a Porsche.

      Enfim, minha opinião é, antes de mais nada, ande nas duas motos e veja qual encaixa mais em você, e quanto a problemas com as HDs… Acho isso mito, toda moto requer atenção e cuidados com manutenção preventiva, o que acontece é que as pessoas acabam por “esquecer” de faze-las.

      abraços e depois conta para nós qual o caminho que você decidiu.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: