Expedição “Tanta Fass” – Frutal cervejaria Fass

Tudo começou com um email “besta” que mandei ao Mazzo perguntando quando que ele voltaria a passar aqui em casa, e ele prontamente respondeu dizendo que no dia 4 de Julho iria para Palmas, Tocantins, e passaria em Frutal, terra do amigo Coré, e no dia 11 passaria aqui em C.U. para fazer uma visita. Caraca o cara é rápido mas justo agora dias 10,11 e 12 estarei eu indo para Tiradentes-MG, mas não deixaria de matar esses dois coelhos com uma só motocada : re-encontrar o grande amigo Mazzo e sua trupe curitibana, e a tão prometida visita à Terra da FASS, a cervejaria do Coré🙂

Alguns emails mais tarde, o bonde já estava grande, e assim dia 3 de Julho chegou, e foi a onde as coisas começaram…

  • Dia 3

Coelho, Macias, Ferraz, Kruger e Ellen chegaram aqui em C.U. para deixar a viagem mais tranquila afinal Frutal fica a mais 500 km de São Paulo, então nada melhor que fazer uma viagem assim em duas pernadas. De C.U. a Frutal são apenas 340 km.

Macias, Ferraz, Coelho e eu

Minutos antes deles chegarem eu e o amigo Rornete já matávamos um wisky para esquentar a noite, que eu ingenuamente achava que seria “leve”, mas sem entrar em muitos detalhes, fizemos uma visita ao Mortorhead MC, depois encaramos um churrasco na casa do meu vizinho, e  com isso fomos dormir quase as 6 da manhã…  Depois de duas longas horas de sono, já estávamos fardados para encarar a densa neblina que ocorre sempre nesta época do ano.

  • Dia 4 – Rumo a Frutal

A visibilidade estava bem reduzida mesmo já sendo 9 horas da manhã, e o bonde agora contava com 8 motos – Eu, Castrado, Parmito, Coelho, Ferraz, Macias, Kruger e Digudi- mas mesmo assim a tocada foi boa, pois a estrada estava vazia e apesar da neblina nos acompanhar por uns 35 km, ficou longe de estar perigosa, pelo contrário, para mim foi tempero.

DSCF8221

A temperatura nessa época do ano é maravilhosa, pois viajamos com todos os equipamentos e com isso o conforto térmico é espetacular. A viagem em si foi tudo tranquilo sem problemas maiores, a não ser uma pane seca com o Kruger.

DSCF8229

Chegamos em Frutal quase 3 da tarde, e lá a coisa já estava fervendo, pois além da previsão de chegada dos Curitibanos, contamos com a presença do casal Sr. Fábio e Sra. Preta Gil, e para coroar mais ainda o evento, o grandíssimo Zema e sua esposa para lá de simpática Patrícia.

DSCF8246

Chegamos famintos, com sede e cansados (soma 2 horas de sono + 5 horas e meia de viagem = cansado para carpaccio). Lá na sede da turma de Frutal um belo prato de pimenta temperado com arroz e linguiça, acompanhado de pimenta refogada com kibe crú. Haja cerveja para apagar o fogo… então rumo a cervejaria.

  • Visita a Cervejaria FASS

Frutal além de acolhedora tem uma grande cervejaria: FASS.

DSCF8262

Foi o momento culturo-etílico com o mestre cervejeiro mostrando todo o processo e rompendo ortodoxias:

_ A qualidade da cerveja não se dá pela qualidade da água. Nós nos abastecemos do mesmo lençol que abastece a Brahma de Agudos. O que torna uma cerveja diferente uma da outra, mesmo sendo da mesma marca, são dois fatores: a qualidade dos ingredientes, mas principalmente o fator humano. Na Ambev de Agudos, os mestres cervejeiros tem mais de 25 anos de experiência. (adorei, essa sempre foi minha teoria).

DSCF8286

A cerveja Fass está saindo de linha para dar entrada para uma cerveja também de baixo custo, a Bella, e para o segmento premium, eles também produzem a Bauhaus (para quem gosta de cerveja mais encorpada é muito boa).

A Fass é toda automotizada e possui equipamentos de primeira linha, e tem capacidade de produzir 100 milhões de litros ano… cerveja bem… é litro para caramba… Veja o vídeo.

  • Feijoada da APAE

Como não só de cachaça vive o homem, a noite depois de conhecer a choperia da Fass – Lagoon – , resolvemos fazer uma boa ação (acho que a nós mesmos). Fomos na Feijoada Anual da APAE. Que maravilha. A festa é tradicional na cidade e toda a socialite estava lá, e nós, os motoqueiros malvadões não poderíamos deixar de comparecer… Como diria um amigo piracicabano : estava ÓTEMO. Imagina que o último prato de feijoada foi derrubado já passava de 3 da manhã… uta cura ressaca.

  • Hora da partida

Para alguns pobres assalariados, domingo pela manhã era hora de partir para casa, para outros mais afortunados, domingo ainda era dia de motocar, alias apenas o segundo dia de motocada para os Curitibanos, e para os vagabundos, ainda tinham que aguentar um carneiro assado preparado pelo Coré… eita vida difícil.

DSCF8318 (Large)

Eu infelizmente estava no primeiro lote, e assim partimos as 11 da manhã em 5 motos rasgando a Rodovia Faria Lima para depois alcançar a Washington Luiz.

  • A rodovia Faria Lima

Muito diferente da Avenida, a Faria Lima lá de cima, não está em boas condições, além da pista simples, com o asfalto avermelhado devido ao excesso de caminhões que transportam cana, ele tem muitos defeitos nos obrigando muitas vezes tocar na contra-mão. É uma estrada chata, monótona, com retas sem fim, e paisagem constante formada pelas imensas plantações de cana-de-açúcar. Um detalhe muito importante para quem vai de moto. Na ida pane seca com o Kruger, que chegamos a conclusão que era a moto que estava bebendo mais que o dono, mas na volta fiquei mais atento e depois de Frutal encontramos posto de gasolina somente a exatos 168 quilômetros, e com um detalhe, o posto fica na pista oposta. Não que não tenha outros postos de gasolina, tem, alias tinha, mas devido ao alto custo dos pedágios, os caminhoneiros mudaram a rota, levando a falência os donos de postos de gasolina.

DSCF8319

Com esse cenário, agora era a vez do Macias chegar para abastecer somente com o cheiro da gasolina… e veja a bizarrice:

Abasteceu miha moto, a do Castrado, a do Coelho, a do Macias e quando chegou a vez do Parmito… acabou a gasolina do posto…😛

E lá vamos nós procurar outro posto, agora dentro da cidade de Jaboticabal, que me pareceu uma bela cidade para em um final de semana desses fazer um bate e fica…

DSCF8325

  • Chegando em casa

Depois de motos abastecidas era a vez de nós engolirmos alguma coisa, e assim para variar, resolvemos tomar uma Skolllll, que delícia.

E foi assim, ou mais ou menos assim, que cheguei em casa com 700 km a mais de risos.

A todos que fizeram parte desta festa, valeu, já estou com saudades.

DSCF8332

Abraços a todos

Seo Craudio

mais fotos aqui : expedição Tanta Fass

8 responses to “Expedição “Tanta Fass” – Frutal cervejaria Fass”

  1. Piréx says :

    Que espetáculo de motocada, Duxo… Dá gosto ver o povo daí reunido para uma festança assim. Como eu te disse há uns tempos, qualquer hora me mudo para o centro do país.

    Abração e feliz aniversário!

  2. Seo Craudio says :

    Valeu Piréx,
    Cara o encotro rolou graças ao Mazo, que é marajá e vive rodando o país.. já é a segunda vez que acabo encontrando com ele na casa dos outros… rs

    Super abraço e obrigado

  3. Patricia says :

    Adorei sua narrativa épica frutalense, mas admirei mesmo duas passagens que ficaram extremamente interessantes. A primeira quando vc discorre sobre esse elegante casal (Zema e Patricia), demorou tanto a escrever a minha graça que quase pensei que eu passaria por esposa do Zema. Segundo, quando vc se reporta a gastronomia local – PIMENTA – conseguiu dar a receita certinha dos acepipes que comemos. Parabéns!!!

    Abraço da “simpática” Patricia do Zema

    • Seo Craudio says :

      obrigado Patrícia. Eu nunca cometeria tal injustiça, esse negócio de esposa de fulano para mim não existe. Todo mundo tem nome, e ningém vive a sombra de ninguém… bjs e foi muito bom conhece-la, pena, claro que foi breve e mais pena ainda que minha esposa a Vera não estava presente. bjão em vocês

  4. Mazzo says :

    XdB
    É sempre assim. Tudo começa com algo pequenino, aí vc dá uma mexidinha e vira GRAAAANNNDEEEE!!!!
    Com pequeníssimos e-mails fizemos uma GRANDE reunião e um GRANDE encontro dos motokeros-marvadões.
    MazzoAbrax

  5. PAULO ROBERTO BARRETO PIEKARSKI says :

    É isso aí meninos… Parabéns ! Motokar sempre, multiplicar amigos.
    Marvadões BV. Logo, logo estarei compartilhando as maravilhas da HD… hehehe. Abracão a todos.

  6. rafael says :

    Até que enfim consegui comentar

    Passeio xou de buela!!

    PROXIMOOOOO!!!

  7. Mario Sergio Batista Carneiro says :

    Estou querendo conversar com o Diretor Comercial desta conceituada cervejaria para discutir proposta de trabalho.
    Trabalhei por 27 anos na Campari do Brasil Ltda onde fui de Promotor de vendas a gerencia de areas e hoje sou gerente comercial Brasil de uma industria de bebidas do Sul do Brasil.
    Telefones: 0xx16-3235-6204 e 0xx16 9791-8752. Ribeirão Preto SP.
    obrigado se me derem feedback

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: