700. Esse era o número

Sabe como é… assalariado tem férias e isso é legal. Porém ela tem dia para começar e principalmente para terminar.

Por isso o dia de Domingo tinha um número : 700.

700 Km de Botucatu à Cascavel no Paraná. Com isso ganharíamos 1 dia a mais na terra de los hermanos, seja eles Ar rentinos ou Uruguajos...
Acordamos de ressaca pós batizado e lá fora chuva fina e temperatura em queda, o que de certa forma já nos deixou apreensivos. ” Vamos tocar até onde der”.
Partimos as 10:00, já com as capas de chuva e todos sabem que nós motoqueiros ADORAMOS as capas de chuva, mas mesmo assim o sorriso não saiu do rosto, afinal ESTAMOS DE FÉRIAS, e como diz a máxima MAIS VALE UM DIA ANDANDO DE MOTO NA CHUVA DO QUE UM DIA TRABALHANDO.
Na despedida um abraço de cada irmão Sombrero com os devidos votos de boa viagem e só com isso já bastaria para seguir a viagem com o sorriso de orelha a orelha, e para completar a alegria a presença do Rava por pelo menos uns 150 km. ( valeu Rava, foi uma honra te-lo conosco ).

 05-rava.jpg


A chuva foi ficando para trás conforme avançávamos e ao chegar em Ourinhos – ponto de despedida do Rava – ela ficou mais longe e a temperatura mais alta. 

 

 

 

Muitos pedágios entre Ourinhos e Foz, e em todos as MOTOS PAGAM e é CARO, na média 4 reais. Com isso é de se esperar que as estradas estejam em boas condições e de fato estão, o que fez com que a tocada fosse boa e segura; se bem que o asfalto poderia ser de melhor qualidade e pelo preço cobrado as pistas deveriam ser duplicadas.   

Já sem capa ( desde Ourinhos ) as vezes ficávamos molhados pela chuva repentina, mas em alguns quilômetros já estávamos secos novamente prontos para outra “ducha”.

A visão do horizonte sempre prometia um temporal, mas eis que depois de Londrina, ele o já esquecido Sol, resolveu aparecer e as nuvens fizeram justamente o contrário deixando o céu azulzinho, deixando a viagem mais tranquila… o que nos fez retomar um velho sonho… os 700 km.

 

 

06-casal.jpg

 

Tocamos forte em uma pista sem movimentos, contrariando a previsão de muitos caminhões afinal era Domingo.

O dia foi se acabando, o sol se escondendo e a nossa quilometragem subindo, e assim as 19:20 paramos em Cascavel com 718 km a mais na bagagem.

Jantamos no hotel mesmo e ali ficamos … namorando… hum que delicia…

 

 

08.jpg

 

 

 Inté outro post 

Seo Craudio.

One response to “700. Esse era o número”

  1. Cadastro says :

    ducaraleo Crauduxo

    Tamos acompanhando em pensamento sua viagem

    abracs

    Castrado

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: